(79) 3243-3875 / (79) 9132-0313

Delegada faz da atividade física ponte de equilíbrio entre a saúde e a profissão

11 de Outubro de 2017

Foto -

Em um mês onde se comemora o Outubro Rosa, que tem como principal objetivo conscientizar ainda mais mulheres da importância em prevenir o câncer de mama, encontrar exemplos de mulheres que servem de incentivo para outras, seja na superação das adversidades ou até mesmo levando uma vida mais saudável, é empolgante.
 
E quando esse exemplo é uma mulher, delegada de Polícia, que sobe em cima de uma prancha na prática do SUP (Stand Up Padle), parece estimular ainda mais, não é mesmo?
 
Essa é a história da delegada de Polícia Civil Marília Miranda, que ingressou na Polícia há 16 anos e faz do esporte uma válvula de escape da estressante rotina de lidar com a Segurança Pública em Sergipe. Ah, nas horas vagas ela também é adepta da natação.
 
"Encontrei meu ponto de equilíbrio para lidar com essa demanda delicada e estressante nos esportes, principalmente no  SUP (Stand Up Paddle) e na natação. Logo comprei minha primeira prancha e formei um grupo de remadores, com o qual costumo praticar nos finais de semana, principalmente na Orla por do sol e no  Rio Pomonga, na Barra dos Coqueiros, além de realizar viagens para remar em outros Estados, tais como Bahia e Alagoas", afirma a delegada.
Foto -
Com atuação profissional nos municípios de Capela e Barra dos Coqueiros, além de passar por algumas Delegacias Metropolitanas da Grande Aracaju, atualmente a delegada está lotada no Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) com atendimento aos casos envolvendo idosos, público LGBT, preconceito racial, intolerância religiosa, pessoas de rua, profissionais do sexo e pessoas com deficiência física ou mental.
 
Apesar de praticar natação desde a infância, a paixão pelo SUP aconteceu há cerca de três anos e, atualmente a Drª Marília já participa de competições e travessias com o grupo da Remada Rosa.
 
"A atividade física sempre me ajudou muito no lado pessoal e profissional, possibilitando um bem estar físico e mental fundamental para meu cotidiano, isso sem falar do aspecto social, pois com o esporte ganhei muitos amigos", pontua.
 
Ela também deixa um recado para os colegas que ainda não são adeptos da atividade física. "Super indico a natação e o SUP para todas as pessoas, principalmente para os que trabalham na Segurança Pública, lidando diariamente com situações extremas e estressantes. O fato de praticar  exercício na água me traz ainda mais benefícios, pela diminuição do impacto causado nas articulações, pelo trabalho de respiração, equilíbrio, relaxamento e contato com a natureza", finaliza a delegada.